Apresentação do Curso

Nova Lei de Licitações e Contratos Administrativos

[PREFEITURA DE MACAPÁ/AP] Curso de formação avançada, cujo objetivo é o de promover a capacitação e atualização especializada dos servidores da prefeitura, buscando aperfeiçoar e atualizar os conhecimentos conforme a seguir: CURSO – Lei 14.133/2021 de Licitações e Contratos Administrativos e os seus Impactos nas Contratações Públicas.

Material Disponível

Objetivo

Entender as principais alterações na Lei de Licitações e Contratos Administrativos;

Conhecer, com profundidade, a Nova Lei 14.133 de 2021, preparando-se para as novas contratações;

Dominar as polêmicas sobre a Nova Lei, com as principais alterações em seu conteúdo normativo;

Aprofundar-se sobre os temas da contratação direta e as principais alterações nessa área;

Conhecer os precedentes do Tribunal de Contas da União sobre a matéria.

Dinâmica

Modalidades presencial.

Público Alvo

Pregoeiros e equipe de apoio, membros do departamento de compras, fiscais e gestores de contratos, assessores e procuradores jurídicos, auditores, profissionais dos controles interno e demais agentes envolvidos nas contratações públicas.

Conteúdo Programático

EMENTA:

I - OBRIGATORIEDADE DA NOVA LEI:

- Quais leis foram alteradas e quais leis foram revogadas;

- Alteração do regime – como proceder;

- Âmbito de aplicação da lei;

- Quando aplicar a Nova Lei (peculiaridades para prefeituras, estado e autarquias).

II – PRINCÍPIOS DA NOVA LEI DE LICITAÇÃO

- Maior ênfase na parte principiológica;

- Princípio da virtualização.

III – DO PROCESSO LICITATÓRIO

- Objetivos;

- Formalidades;

- Da cotação de preços;

- Planejamento do processo;

- IN nº 65, de 07 de julho de 2021, da SEGES/ME.;

- Fases.

IV - FASE PREPARATÓRIA DA LICITAÇÃO

- Instruções do processo licitatório;

- Ênfase no planejamento.

V – MODALIDADES DE LICITAÇÃO E AS PRINCIPAIS ALTERAÇÕES

- Pregão;

- Concorrência;

- Concurso;

- Leilão;

- Diálogo competitivo.

VI – CRITÉRIOS DE JULGAMENTO – PRINCIPAIS ALTERAÇÕES

- Menor preço;

- Maior desconto;

- Melhor técnica ou conteúdo artístico;

- Técnica e preço;

- Maior lance, no caso de leilão;

- Maior retorno econômico.

VII – PREÇO ESTIMADO DA CONTRATAÇÃO

- A polêmica do preço médio;

- O problema da inexequibilidade;

- O entendimento dos órgãos de controle;

- O que é preço de mercado;

- Como atingir o preço de mercado.

VIII – REQUISITOS DE HABILITAÇÃO

- Principais alterações;

- O que pode e o que não pode ser exigido;

- Quem está impedido de contratar ou suspenso de licitar.

IX – DAS COMPRAS

- Padronização;

- Compras e parcelamento;

- Catálogo eletrônico;

- Compras de bens de consumo comum e de luxo.

X – DAS LICITAÇÕES PARA OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA

- Principais alterações normativas;

- A jurisprudência do TCU sobre o tema.

XI – DOS SERVIÇOS EM GERAL

- Da padronização;

- Das possibilidades de parcelamento;

- Das contratações de mais de uma empresa para o mesmo serviço.

XII – DIVULGAÇÃO DO EDITAL DE LICITAÇÃO

- Ampla publicidade;

- Prioridade para os meios digitais.

XIII – APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS E LANCES E JULGAMENTO DAS PROPOSTAS

- Princípio do formalismo moderado;

- Como proceder no desempate.

XIV – DO ENCERRAMENTO DA LICITAÇÃO

- Correção de vícios sanáveis;

- Preferência para senatória dos atos da licitação;

- Possíveis nulidades.

XV – DO PROCESSO DE CONTRATAÇÃO DIRETA

- Hipóteses de contratação direta;

- Como proceder à contratação direta;

- Da inexigibilidade de contratação;

- Da dispensa de licitação;

- Principais alterações normativas;

- A IN nº 67 do ME/SEGES, de 09 de julho de 2021;

- Atual posicionamento do TCU sobre a Nova Lei;

- Do crime de contratação direta ilegal.

XVI – DAS ALIENAÇÕES

- Como proceder;

- A dispensa para alienações.

XVII – DOS PROCEDIMENTOS AUXILIARES

- Credenciamento;

- Pré-qualificação;

- Procedimento de manifestação de interesse (PMI);

- Sistema de Registro de Preços (SRP);

- Registro Cadastral.

XVIII – DAS GARANTIAS

- Novas modalidades de garantias;

-  O papel das seguradoras.

XIX – DA ALOCAÇÃO DE RISCOS

- Matriz de riscos;

- Reequilíbrio econômico-financeiro dos contratos (revisão, repactuação e reajuste);

- Quando e como pedir o reequilíbrio econômico-financeiro dos contratos;

- A preclusão do contratado quanto ao pedido de reequilíbrio econômico-financeiro dos contratos.

XX – DAS PRERROGATIVAS DA ADMINISTRAÇÃO

- Quais são as prerrogativas;

- O novo regime jurídico das contratações públicas.

XXI – DURAÇÃO DOS CONTRATOS

- Contratos por escopo;

- Contratos de prestação continuada.

XXII – EXECUÇÃO DOS CONTRATOS

- Ênfase na fase de execução dos contratos;

- O papel do fiscal e do gestor do contrato.

XXIII – ALTERAÇÃO DOS CONTRATOS E DOS PREÇOS

- A polêmica do reequilíbrio;

- Alterações qualitativas e quantitativas.

XXIV – HIPÓTESES DE EXTINÇÃO DOS CONTRATOS

- Principais alterações;

- Formalização da extinção do contrato;

- Direitos e deveres do contratado.

XXV – DO RECEBIMENTO DO OBJETO DO CONTRATO

- Recebimento provisório e recebimento definitivo;

- A prova de conceito ou de amostra.

XXVI – DOS PAGAMENTOS

- Alteração da ordem cronológica de pagamentos;

- Critérios de pagamento de acordo com o desempenho do contratado.

XXVII – DAS NULIDADES DOS CONTRATOS

- Teoria das nulidades;

- Vícios sanáveis e vícios insanáveis;

- Nulidade como última solução;

- Prioridade para saneamento dos contratos.

XXVIII – DOS MEIOS ALTERNATIVOS DE RESOLUÇÃO DE CONTROVÉRSIAS

- Administração Pública dialógica;

- Aproximação do interesse privado ao interesse público;

- Mediação, arbitragem, dentre outros.

XXIX – DAS INFRAÇÕES ADMINISTRATIVAS E RESPECTIVAS SANÇÕES

- Advertência;

- Multa;

- Impedimento de licitar e contratar;

- Declaração de inidoneidade para licitar ou contratar;

- O processo para aplicação das sanções.

XXX – DAS IMPUGNAÇÕES, DOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS E DOS RECURSOS

- Recursos cabíveis;

- Prazos;

XXXI – DO CONTROLE DAS CONTRATAÇÕES

- Do controle interno;

- Do papel exercido pelas Procuradorias e Assessorias Jurídicas;

- Do controle pelo Tribunal de Contas;

- Precauções por parte da Administração Pública;

- A importância do parecer jurídico;

- A importância do controle interno;

- As três frentes de controle.

XXXII – DO PORTAL NACIONAL DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS

- Principais alterações;

- Qual a finalidade do PNCP;

- Criação do PNCP.

XXXIII – DOS CRIMES EM LICITAÇÕES E CONTRATOS

- Principais alterações;

- Alteração do regime de cumprimento da pena;

- Modalidades mais gravosas.

XXXIV – DO REGIME DE TRANSIÇÃO

- Como proceder no regime de transição;

- A aplicação parcial da lei.

Data e Local de Realização

Datas: 04 e 05 de abril de 2020 das 8h às 12h e das 14h as 18h

Carga horária: 16 horas aula

Local: Auditório - Sest Senat - B66 Irani Bertolini - Rodovia Duque de Caxias(Sent Macapa/Santana), KM 03, C CJ HAB CABRALZINHO, Alvorada, Macapá/AP - CEP 68906-650.

Professores e Palestrantes

image host

WEDER DE OLIVEIRA - Ministro do Tribunal de Contas da União desde 2008. Doutorando em Direito Financeiro, Mestre em Direito, Universidade de São Paulo (USP). Especialista em Economia pela George Washington University, Estados Unidos. Especialista em Engenharia de Produção de Petróleo, Petrobras/Universidade Federal da Bahia (UFBA). Graduado em Direito, Universidade de Brasília (UnB). Graduado em Engenharia Civil, Universidade Federal de Goiás (UFG). Autor de dezenas de publicações na área de Administração Pública e Orçamento.

image host

JULIANO HEINEN - Doutor em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professor titular de Direito Administrativo da Fundação Escola Superior do Ministério Público (FMP). Professor de Pós-Graduação e Direito (UNIRITTER Laurent University, Universidade de Caxias do Sul e UNISC). Professor da Escola Superior da Magistratura Federal (ESMAFE), da Escola da Magistratura do Estado Rio Grande do Sul (AJURIS), da Escola da Magistratura do Estado do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ), da Escola Superior de Direito Municipal (ESDM), entre outras. Aprovado em inúmeros concursos públicos. Ocupou o cargo de Defensor Público do Estado do Rio Grande do Sul. É Procurador do Estado do Rio Grande do Sul e parecerista. Autor de dezenas de livros e artigos jurídicos. Integrou uma série bancas de concurso. Palestrante nacional e internacional.

in-company

Cadastre-se e receba informações sobre novas Turmas

 Novas Turmas para Nova Lei de Licitações e Contratos Administrativos

PRÉ-RESERVA DE VAGA PARA UMA PRÓXIMA TURMA >>>


Sobre a Academia

Há mais de 20 anos a Academia Brasileira de Formação e Pesquisa produz e difunde conhecimento de assuntos estratégicos nas áreas em que atua, consolidando-se como um think tank que visa contribuir para o desenvolvimento do Brasil.

A ABFP reúne capacidade técnica, metodologias inovadoras e uma equipe de profissionais qualificados, com experiência comprovada para promover práticas gerenciais eficientes. Busca, ainda soluções para assuntos estratégicos voltados para o desenvolvimento Nacional, sempre observando as questões socioeconômico e a sustentabilidade.

Além disso, desenvolve estudos e pesquisas aplicados e realiza eventos de grande repercussão pautados por debates de alto nível intelectual, de modo a promover o intercâmbio global do conhecimento.

A ABFP tem como objetivo aperfeiçoar continuamente suas atividades e atender com qualidade seu público, formado por alunos, professores, colaboradores acadêmicos e parceiros institucionais.

Sobre a ABFP
ABFP - O QUE FAZEMOS

O que Fazemos

Nossos profissionais dedicam-se ao estudo aprofundado de atividades acadêmicas e pesquisas. Elaboramos e revisamos material teórico nas seguintes áreas: administração pública, recursos humanos, comunicação administrativa, planejamento financeiro, administração de patrimônios, logística, contratos e licitações.

Construímos modelos de relacionamento corporativo através de parceiras consultivas, aprimorarmos os resultados por meio de levantamento de dados e formatação de relatórios personalizados.

Produzimos pareceres personalizados e elaboramos planos de gestão complexos dentro das áreas de logística corporativa e gestão de informações, auxiliando na criação de estratégias corporativas nacionais e internacionais.


Quem Somos

Academia Brasileira de Formação e Pesquisa, dedica-se a propagar o conhecimento, por meio de cursos presenciai e telepresencial, palestras, seminários, conferências, congressos e videoaulas. Desenvolve e coordena a aplicação de diferentes conteúdos voltados para instituições públicas e privadas. Atua principalmente na área de gestão administrativa e financeira, pública ou privada, além de manter frentes de pesquisas por meio de parceiros e outros núcleos. A mais de 20 anos, capacita profissionais, por meio de metodologia própria e inovadora, eventos abertos e in company, contando sempre com renomados acadêmicos e pesquisadores brasileiros.

“nosso objetivo é reunir mentes brilhantes e cidadãos devotados ao progresso, para construção de um mundo onde a liberdade e a fraternidade possam produzir crescimento. O objetivo principal somente será alcançado quando houver equilíbrio entre as partes e resultados positivos a toda cadeia produtiva”

“buscamos a excelência e produção de conhecimentos associados ao rigor científico, com foco e respeito aos princípios sociais e econômicos que norteiam esta nação”

 

ABFP - QUEM SOMOSr

Nossos Docentes

Conheça mais docentes Doutores Mestres Especialitas da ABFP

VEJA MAIS